fbpx

O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A WIZ (WIZS3)?

A Caixa Seguridade lançou fato relevante que pode comprometer as operações da Wiz prejudicando lucros e receitas.

Um dos maiores receios dos investidores com relação a Wiz Seguros S.A é justamente a sua extrema dependência da Caixa Seguridade, inclusive, a Caixa detém 25% das ações Ordinárias da Wiz.

Dito isto, o contrato com a Caixa Seguridade se encerrará no ano que vem, em 2021, e parece que as coisas não estão tão certas para a Wiz. Conforme fato relevante publicado hoje pela Caixa Seguridade que versa sobre a abertura de procedimento competitivo para seleção de co-corretora(s) para atuação em linhas de negócios em parceria com a corretora da própria Caixa Seguridade.

Neste Instrumento, que a Caixa denominou de “Oportunidade de Acordo Operacional“, um modelo de parceria que durará 10 anos, onde terão acesso aos produtos da Caixa Seguridade nas áreas de automóvel, saúde e odonto, além de grandes riscos e corporate.

As ofertas não vinculantes deverão ser enviadas até o dia 15 de Janeiro de 2021. Desta forma, podemos notar que a Caixa Seguridade, aparentemente, não está interessada em manter a exclusividade com a Wiz, podendo gerar a abertura para novas corretoras e, com isso, impactar diretamente as receitas, margem líquida e, por consequência, o Lucro da Wiz.

Quer ter acesso a uma conta investimentos totalmente gratuita? clique no banner para saber mais!

Se você é acionista da empresa, o importante é verificar o que ela tem feito para diminuir o impacto da Caixa Seguridade em suas operações, como por exemplo, a parceria com o Banco Inter. Além disto, se desfazer de posições não estratégicas para a empresa, como a anunciada ontem através de Fato Relevante.

Neste, ocorreu a cessão e a transferência por parte da Wiz, da participação societária correspondente a 50,1% da GR1D Tecnologia S.A para a Extreme Digital Consultoria e Representações Ltda. (EDS), onde esta ficará responsável pelo custeio integral das operações da GR1D nos exercícios sociais de 2021 e 2022. Essa operação teve a invenção e anuência da CSMG Corretora de Seguros Ltda.

De modo que a composição acionária final da GR1D é de: WIZ (39,9%), CSMG (10%) e EDS (50,1%). Contudo, a Wiz tem opção de recompra dos 50,1% da participação acionária, podendo ser exercida em 2024 mediante o cumprimento de alguns objetivos.

Graficamente falando, a Wiz vem caindo pelas tabelas há 06 meses e no ano a queda é de 45,23%.

Imagem padrão
Rafael Zambelli
Engenheiro, mestre e doutor. Professor Universitário e investidor há mais de 10 anos. Focado em Análise Fundamentalista e Técnica, criador do canal do Youtube Rafael Zambelli, além de investidor em startup's.
Artigos: 575

Deixar uma resposta

error: Todo o conteúdo do nosso site é protegido por código.